Quem Somos?

A Associação Ludocriarte foi fundada pelo atual Presidente, Sr. Paolo Chirola, italiano, que chegou no Brasil para trabalhar como voluntário no projeto Vila Esperança, na Cidade de Goiás Velho-GO, em 1994. Após esta primeira experiência, na qual contribuiu para a criação da Brinquedoteca da Vila Esperança, foi convidado, juntamente com a Professora Lúcia Maria da Silva, para participar da Escola Municipal Rural da Fazenda Santa Branca, na cidade de Terezópolis/GO, onde foi desenvolvido um projeto piloto de educação integral, com sala multi-seriada, oferecendo atividades de artes, produção de pão caseiro, teatro, dança e costura para 20 alunos de 04 a 13 anos de idade, filhos dos trabalhadores e empregados da fazenda.

 

Em 15 de outubro de 1997, a escola ganhou do MEC o prêmio “Incentivo à Educação Fundamental”. A partir deste sucesso, o Prefeito da vizinha cidade de Nerópolis-GO convidou Paolo para planejar e montar uma brinquedoteca modelo, a “Brincastelo”, que foi construída inteiramente com recursos municipais, em uma praça pública da cidade, atendendo regularmente mais de 200 crianças. Enfim, em 2004, mudou-se para a periferia de Brasília e, junto com dois jovens participantes do grupo de teatro da Brinquedoteca de Nerópolis, Cristiano Silva e Jéferson do Prado, fundou a Associação Ludocriarte e, logo em seguida, a Brinquedoteca Comunitária de São Sebastião/DF. 

Ficha de Apresentação da Instituição

Nome e Razão social: Associação Ludocriarte, associação civil sem fins lucrativos

CNPJ:  07.208.982/0001-50

Data de fundação: 12/2004, registrada em cartório em 18/01/2005

Registros: CEBAS – Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social – Processo nº 71000.056700/2017-53, publicado no DOU do dia 01/06/2018.

  • Utilidade Pública - DODF de 30/08/13, decreto nº 34.612/2013.

  • CDCA/DF - Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente do Distrito Federal – resolução nº676/2017 – CDCA/DF, DODF. n°133, 13/07/2017.

  • CAS/DF - Conselho de Assistência Social do Distrito Federal - Inscrição n° 013/2012, concedida em 28/02/2012.

  • CEAC/DF n°4225 (Cadastro de Ente Agente Cultural).

Missão: Desenvolver ações socioeducativas para crianças, adolescentes e seus familiares por meio da linguagem lúdica, artística e cultural.

Áreas de atuação: Defesa e promoção dos direitos sociais, por meio de atividades na área lúdica, de lazer, recreação, arte e cultura.

Tipificação e público-alvo: PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças e adolescentes de 6 a 17 anos.

Finalidades estatutárias:

a)    A promoção gratuita da assistência social;

b)   A promoção gratuita da educação;

c)    A promoção da cidadania e dos direitos da criança e do adolescente;

d)   A promoção da cultura e da expressão artística;

e)    A defesa, preservação, conservação e educação ambiental;

f)    A proteção à família, à infância e adolescência.

Objetivos:

·   Promover a cultura da infância;

·   Promover o direito de brincar e os valores universais, tais como: paz, justiça social, respeito às diferenças culturais, de gênero, raça e credo;

·   Possibilitar o acesso a experiências e manifestações artísticas, culturais e de lazer, com vistas ao desenvolvimento de novas sociabilidades;

·   Complementar o trabalho com as famílias, prevenindo a ocorrência de situações de risco social e fortalecendo a convivência familiar e comunitária;

·   Oportunizar o acesso às informações sobre direitos e sobre participação cidadã, estimulando o desenvolvimento do protagonismo dos participante;

·   Favorecer o desenvolvimento de atividades Inter geracionais e interculturais, propiciando trocas de experiências e vivências, fortalecendo a solidariedade e os vínculos familiares e comunitários.

 

Prêmios e reconhecimentos:

Prêmio Itaú-Unicef 2018 – Finalistas nacionais da 13ª edição (São Paulo, agosto/2018).

Prêmio Cultura Viva – Secretaria de Estado de Cultura do DF (Brasília, agosto/2018).

Prêmio “Culturas populares – Edição: Leandro Gomes de Barros” – Ministério da Cultura – Novembro 2017.

Ponto de Cultura – Ministério da Cultura e Secretaria de Cultura do DF – DO/DF 18/06/2010.

Prêmio Itaú-Unicef – semifinalista regional – outubro 2009.

Prêmio Ludicidade “Pontinhos de Cultura” – Ministério da Cultura - Governo Federal – dezembro 2008.

Breve Histórico

 

A Escola Municipal Rural da Fazenda Santa Branca

A caminhada começou em 1994 com a Escola Municipal Rural da Fazenda Santa Branca, na cidade de Terezópolis/GO. A escola desenvolveu um trabalho muito interessante com sala multi-seriada em tempo integral, oferecendo atividades de artes, produção de pão caseiro, teatro, dança e costura a 20 alunos de 04 a 13 anos de idade, filhos dos trabalhadores e empregados da fazenda. Em 15 de outubro de 1997, a escola ganhou o prêmio “Incentivo à Educação Fundamental”, entregue à professora titular pelo Presidente da República e pelo Ministro da Educação e do Desporto.

 

A Brinquedoteca Municipal Brincastelo

A partir do sucesso do projeto da Escola Santa Branca, em 1996, fomos convidados pelo Prefeito da vizinha cidade de Nerópolis, Estado do Goiás, para planejar e montar uma brinquedoteca modelo, a “Brincastelo”.

A brinquedoteca foi construída inteiramente com recursos próprios da Prefeitura Municipal de Nerópolis, no centro da cidade, ocupando uma superfície total de 1.635,22 m2. Possui a forma de um castelo e é constituída por 9 áreas independentes (casinhas, teatros e quiosques, ligadas por estreitos caminhos entre canteiros de flores e plantas), todas em tijolo à vista e madeira. 

A Brincastelo funcionava de segunda à sexta-feira, no contra turno das atividades escolares. Atendia cerca de 300 crianças e adolescentes ao longo da semana, divididos em grupos por faixa etária e atividade. Na Sala dos Brinquedos as crianças dispunham de um amplo acervo de brinquedos de todo tipo: jogos de construção e montagem, jogos de sociedade, jogos para atividades intelectuais e artísticas, casinha, carrinhos e bonecas, livros, fantasias e o parquinho para as atividades ao ar livre. Na Sala da Fantasia aconteciam as oficinas de artes. No Teatro, aconteciam semanalmente as aulas de teatro e dança. 

Infelizmente, a Brincastelo foi fechada em 2016 por conta das trocas de governos na cidade e do desgaste da manutenção da instituição. Por um tempo houve o projeto de transformá-la em uma creche, mas até agora suas portas continuam fechadas. Quem perde nessa história é a infância, que possuía um ambiente muito rico de produção cultural e de aprendizagens.

Lá trabalhavam 15 funcionários públicos, desempenhando as funções como as de coordenação, secretaria, brinquedistas, oficineiros e auxiliares de serviços gerais.

Fone: (61) 3339-1976  /  ludocriarte@gmail.com   /  Q.103, Cj.05, Cs.01 – 71692-213  - São Sebastião/DF

© ASSOCIAÇÃO LUDOCRIARTE. Orgulhosamente criado com Wix.com